RECOMENDE!

segunda-feira, janeiro 30, 2006

Desabafo de um pastor

Não sei mais o que fazer. Quando os crentes de hojevão dar conta de que estão correndo um enorme riscoespiritual desnecessário? Se procurarmos alguém quesaiba esboçar a história do povo de Deus, corremos orisco de não encontrar. O que? Isso é pedir muito?Então vejamos. Quantas pessoas em nossas igrejassaberiam nos falar sem errar todos os livros da Bíbliaem seqüência? Quantas sabem explicar o plano desalvação a uma pessoa no ponto de ônibus, sem pensarem pedir socorro ao pastor ou àquele diáconoabençoado? Quantas, depois daquela mensagem em que opastor “pegou pesado”, e “distribuiu cajadada paratodo lado”, sai dizendo “hoje eu fui abençoado?” Quemse lembre do texto ou do tema do sermão de domingo ànoite (para os que foram à igreja)? Há pessoas que nãoconseguem se lembrar da última vez que orou poralguém? Qual foi a última vez que você orou? Quantaspessoas não se lembram qual a última passagem bíblicaque leu!!! Se perguntar qual foi a última vez que foirealizado o culto doméstico... Se eu perguntasse aospais qual a última vez que eles oraram pelos filhosajoelhados à cama dos pequeninos qual seria aresposta? E aos casais, qual a última vez que oraramjuntos, pedindo por Seu plano, ao invés de seusplanos? Você conhece alguém que tenha derramado pelomenos uma lágrima por uma alma perdida? Os crentes doséculo XXI passam horas em frente a uma televisão (ouseria tiravisão?), e também não conseguem tirar osolhos do relógio meia hora depois que chegam aigreja... Chega-se adiantado à hora marcada comdelegados, promotores, juizes (meras autoridadesterrenas), mas não se observa a pontualidade quando setem um encontro marcado com a maior autoridade douniverso: Deus. Já imaginaram se a fidelidade de Deuspara conosco fosse condicionada à nossa a Ele? E seEle nos abençoasse apenas quando nos lembrássemos deagradecer à bênção recebida anteriormente? E o quedizer daqueles que se dizem crentes fiéis a Deus, masse divertem jogando baralho, tomando cerveja em casa(em casa agora pode???), ou saem apressados dos cultospara aproveitarem a “night”, sabe Deus lá como e comquem. Muitos dos nossos jovens não procuram pornamorados ou namoradas, mas por “ficantes”. Dói meucoração ao ouvir amados de nossas igrejas a perguntar:“Quem ganhou o carnaval do Rio?” E eu me pergunto: “oque tem a ver a mais diabólica das festas com uma almaque se diz salva?” (ou que comunhão tem as trevas comos que - dizem - estão na luz?). Não se sabe muitosobe a Bíblia e menos ainda sobre Jesus, mas sepergunto sobre a novela, o ator preferido, ou sobre ocampeonato paulista, aí sou eu quem fico vermelho devergonha. E o que dizer de quem tem a capacidade deficar o domingo inteiro assistindo ao Faustão e aindachega atrasado para o culto da noite? Há ainda quemchore ao assistir uma cena de novela ou filme, mas nãosente absolutamente nada diante do que Jesus passoupor todos nós na cruz...O veneno do diabo tem sido o mais doce manjar. E suateia, o mais suave perfume......e eu ainda tenho que engolir essa de que os crentesquerem sair apressados da igreja para saber quais asnovidades daquele lixo chamado BBB da Globo... (quemfoi indicado para o paredão, quem foi eliminado, etc).E pasmem aqueles que conseguirem: há quem torça paraeste ou aquele ganhar o milhão em disputa nessediabólico jogo de mentiras, falsidades e traições...É... Com quase trinta e nove anos de idade, quase dezde ministério pastoral, posso dizer que souultrapassado, careta, nascido no século que já foitarde...
Louvado seja Deus!!!
Pr. José Francisco Imiane

Nenhum comentário: