RECOMENDE!

terça-feira, março 07, 2006

O PAPA BRASILEIRO

Este texto foi escrito após a morte do Papa João Paulo II.
Graças a Deus que escolheram outro...

No Brasil e na América do Sul a igreja católica está perdendo terreno para os evangélicos e principalmente para a tribo dos ‘sem religião’. Sem dúvidas é hora de avivar a igreja na região e a melhor ação é nomear um papa que se identifique e se aproxime do povo dessa região. As pesquisas mostram que o arcebispo de São Paulo é um dos mais cogitados para o cargo. Misericórdia!!!! Imaginemos, o país que tem como padroeira, a “mãe de Deus”, agora tem o papa, o próximo “João de Deus” como seu patrício. Um país com o grau de idolatria altamente elevado. Uma idolatria originária da mediocridade cultural e tradicional de um povo “sem” senso crítico, pois poucas são as pessoas o retêm. E estas, pouco fazem para pragmatizar suas idéias. A fé desse povo é facilmente manipulada, no fundo há uma aliança, um acordo entre a liderança espiritual e a massa popular. Dessa aliança forma-se seus ritos, proibições e exigências. No Brasil, o povo quer idolatria, carnaval, mandinga e saravá. A igreja católica se encarrega de fazer um sincretismo religioso unindo religiões, nomeia ‘santos’ com falsos poderes em diversas áreas, suas penitências e ritos são suas mandingas, elege ela, a “mãe de Deus” como padroeira e abençoa a maldita festa pagã. Mas se Don Cláudio Hummes ganhar a liderança da igreja católica, OPA!! O papa será pop, imagine o papa sendo homenageado em uma escola de samba e conversando com Maria em um terreiro de umbanda, e ainda, quanto valeria uma benção ou apenas um toque do homem que se tornou deus na Terra?. Mas o pior é quando ele estiver transitando por ai. O trânsito será um caos, a praça da Sé, uma extensão da praça de São Pedro, terá uma batalha por espaço, de um lado os vagabundos, prostitutas e meninos drogados, e do outro, uma grande quantidade de fãs alucinados e apaixonados por seus novo ídolo, mas entre eles encontramos em um campo neutro, os camelôs, vendendo suas fitinhas e camisetas. O que é isso? É lógico que é um pesadelo. Não podemos ao menos dormir com um barulho desse. Temos que clamar para o nosso Paizão, o eterno e bondoso Pai Javé para afastar esse mal do nosso meio. Chega de ai de santos, pai espirituais, padre e papas. Esses fingem nos acolher como nosso Pai, assim como o diabo finge com muita sutileza a audácia ser um leão, mas sabemos que só há um leão, o Leão de Judá, assim como só há um Pai, o Pai Jeová.



Clodoaldo Clay Nunes.

Nenhum comentário: