RECOMENDE!

sexta-feira, abril 13, 2007

Dimensões simultâneas - Dietrich Bonhoeffer.

Aos poucos a gente aprende a distanciar-se interiormente das ameaças à vida, ou melhor, 'distanciar-se', soa negativo demais, formal demais, artifícial demais, estóico demais; na verdade, o mais correto é dizer que a gente integra as ameaças diárias na totalidade da sua vida. ...há muito poucas pessoas que conseguem abrigar diversas coisas ao mesmo tempo dentro de si; quando vêm os bombardeiros, elas são só medo; quando há algo bom para comer, são só avidez; quando algum desejo é frustrado, são só desespero; quando alguma coisa dá certo, não vêem mais outra coisa. Elas passam ao largo da plenitude da vida e da integralidade de sua existência própria; tudo que é objetivo e subjetivo desfaz-se em fragmentos. O cristianismo, em contrapartida, coloca-nos em diversas dimensões da vida simultaneamente; abrigamos, por assim dizer, Deus e o mundo inteiro dentro de nós. Choramos com os que choram e, ao mesmo tempo, alegramo-nos com os alegres.

Nenhum comentário: