RECOMENDE!

segunda-feira, janeiro 07, 2008

Reforma na casa

"Você já fez uma reforma na sua casa?
Quem já fez sabe o que isso significa. "Reformar a casa é sempre um transtorno. Tudo fica fora do lugar. O sofá cede espaço a um monte de areia. Há cimento por toda a parte e o cheiro de tinta se espalha no ar.
De pouco adianta o planejamento e os prazos. Sempre surgem vazamentos inesperados, serviços mal feitos e outros imprevistos que aumentam o orçamento e o tempo para terminar a obra. Para evitar aborrecimentos, há quem prefira passar a vida sem qualquer mudança, optando por se acomodar às falhas e imperfeições. Mas quem se aventura a enfrentar o desafio recebe, como recompensa, mais conforto e muito prazer.
Nossa vida é como nossa casa. Um lar que podemos manter como está, ou então, reformar, aumentar, redecorar, por abaixo se for preciso, para reconstruir um jeito melhor. Colocar a vida em obras é também um grande transtorno, com um agravante: você não pode abandoná-la temporariamente, hospedando-se em outro lugar. Tem que aprender a conviver com a areia, o cimento, a dividir o seu espaço com o pedreiro, o pintor, a desviar de tijolos, dormir com cheiro de tinta, e trabalhar normalmente, ao som do martelo e da serra. Como se não bastasse, vai chegar a um ponto em que, ao contemplar tudo isso, você vai ter a nítida sensação de que a desordem não terá fim, e amargará o dia em que decidiu abandonar a comodidade do óbvio para buscar novos horizontes, usando a vocação e os talentos que deus lhe deu. Mas, aos poucos, tudo vai tomando forma.
O que foi projeto ganha contornos de lar resplandecente, novo. Angústias e aborrecimentos ficam no passado e a realidade nova é digna de se admirar.
Por maior que seja a dificuldade de perseguir um sonho, maior ainda é a alegria de vê-lo se concretizar".
mensagem de Denise do Amaral, especialista em teoria da comunicação. Ela usa esse texto em algumas das aulas dela.

Nenhum comentário: