RECOMENDE!

sexta-feira, junho 27, 2008

TATOO

SEU CABELO AO VENTO
É MUITO MAIS LINDO
QUE O SOL EM SEU NASCIMENTO

TOCANDO EM FRENTE


Almir Sater e Renato Teixeira
.
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz, quem sabe
Eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei
.
Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
é preciso paz pra poder sorrir
É preciso chuva para florir
.
Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou
.
Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
é preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
.
Todo mundo ama um dia, todo mundo chora
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
E cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz
.
Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
é preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
.
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história
E cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz...

RETRATO MANUAL


NAMORADOS APAIXONADOS


SE VC ACHA QUE TROUXA É ESTAR APAIXONADO
COITADA DA PESSOA QUE VIVE AO SEU LADO

Qualidades na vida cristã

“Ele é bom cristão” resume em poucas palavras o que queremos dizer ao falarmos sobre uma vida cristã de alta qualidade. Desejo refletir uns minutos sobre o que deveria significar uma avaliação como esta. Para muitos, provavelmente a maioria, ser um bom cristão significa cumprir algumas regras, tais como ler a Bíblia, orar, freqüentar uma igreja, pagar suas contas em dia, e, inclusive, dizimar. É ser uma pessoa confiável e honesta, um homem que não assedia outra mulher, mas que ama sua própria esposa. Ele se identifica como “cristão” ou talvez “crente”, e uma vez ou outra tenta persuadir um colega de trabalho que deve “aceitar a Cristo”. Tem certeza de que vai para o céu e sente pena dos que não crêem como ele crê. Certamente, todas essas práticas devem caracterizar um cristão evangélico, porém não identificam o que é um bom cristão do ponto de vista de Jesus ou de um dos escritores do Novo Testamento. Para os que foram criados na igreja, especialmente os crentes de segunda ou outra geração, o ideal seria procurar com mais cuidado se passará pelo juízo de Deus ileso. A questão central é: todas as práticas externas que identificam cristãos do ponto de vista humano são fruto de um coração transformado ou não? Práticas ou obras demonstram a forma do cristianismo que o indivíduo abraça, mas não a motivação. A religiosidade pode ser a marca registrada do farisaísmo que Jesus denunciou durante seu ministério terreno. Túmulos caiados por fora não garantem um perfume de butique por dentro! Os homens atentam para ações externas; Deus, porém, olha para o coração. Jean Nicolas Grou, século 18, apontou a diferença entre a pessoa preocupada com as aparências cristãs e aquele que ama ao Senhor de todo o coração. “Dar o coração e a mente para Deus para que eles não sejam mais nossos, para assim fazer o bem sem ter consciência disso, para orar incessantemente e sem esforço como se respirássemos; para amar sem deixar diminuir nosso sentimento, que é o perfeito esquecimento de si mesmo e que nos lança para Deus como o bebê descansa no peito da mãe” (Refrigério para a Alma, Shedd Publicações, p. 142). A verdadeira religião tem um componente necessário: o amor pelo Senhor. O primeiro mandamento aparece três vezes nos evangelhos. Foi endossado por Jesus, que pronunciou o segundo mandamento como semelhante ao primeiro em importância. Os dois mandamentos destacam o relacionamento amoroso de alguém para com Deus e com os irmãos. “Se alguém não ama ao Senhor, seja amaldiçoado”, declara Paulo. Jesus perguntou a Pedro, três vezes, se ele o amava. Seguir a Jesus durante três anos e declarar enfaticamente sua lealdade pelo Senhor não foi suficiente para segurá-lo na hora da provação. O medo, a assombrosa realidade de acompanhar Jesus para a “toca dos leões”, o desestruturou de tal modo que quebrou sua intenção de ficar leal para com Jesus. Pelo sinal exterior, Pedro era apóstata. Pelo coração, ele podia dizer, honestamente: “Tu sabes que eu te amo”! O resto de sua vida e ministério confirmam que ele amava ao Senhor de verdade. A prática evangélica de convidar pessoas para, numa reunião, irem à frente, levantarem a mão ou receberem a marca do batismo, não pode ser mais do que um sinal externo de interesse em se identificar ou concordar com a veracidade da mensagem. Nascer de novo quer dizer nascer do Espírito e, por meio dele, experimentar o derramamento do amor de Deus no coração. “O fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio” (Gl 5.22,23, NVI). Nenhuma certeza pode ser mais importante do que a certeza da eterna salvação. Nenhuma mentira pode ser mais perniciosa do que uma falsa segurança sobre o destino eterno da alma. O auto-exame que Paulo pediu aos coríntios não é opcional. Um diagnóstico correto de nosso relacionamento com Deus supera em muito a importância de uma consulta médica no caso de suspeita de um câncer incurável.
Russel Shedd
Fonte: Revista Enfoque - Edição N.81 - Abr / 2008

CAMPING CHAPÉU DO SOL - ITU








AMOR

Amor é fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer
É um não querer mais que bem querer
É solitário andar por entre a gente
É nunca contentar-se de contente
É cuidar que se ganha em se perder
Nenhum caminho é longo demais quando um amor nos acompanha...
Luiz de Camões

Família no Ararate





Tempo / Intensidade

O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis!
Fernando Pessoa

Clodoaldo


Sobre casamento e amor

”Não é bom que o homem esteja só far-lhe-ei uma companheira que lhe seja suficiente.”
(Gn 2.18)
Venho me perguntando o que faz as pessoas optarem pelo casamento se contam com outras alternativas para a vida a dois. A justificativa mais comum para o casamento é o amor. Mas devemos considerar que o amor é uma experiência cuja definição está em xeque não apenas pela quantidade enorme de casais que “já não se amam mais”, como também pelo número de pessoas que se amam, mas não conseguem viver juntas. Talvez por estas duas razões -- o amor eterno enquanto dura e o amor incompetente para a convivência -- nossa sociedade providenciou uma alternativa para suprir a necessidade afetiva das pessoas: relacionamentos temporários em detrimento do modelo indissolúvel. Mas, mesmo assim, o número de pessoas que optam pelo casamento em sua forma tradicional, do tipo “até que a morte vos separe”, cresce a cada dia. Acredito que existe uma peça do quebra-cabeça que pode dar sentido ao quadro. Trata-se da urgente necessidade de desmistificar este conceito de amor que serve de base para a vida a dois. Afinal de contas, o que é o amor conjugal? Para muitas pessoas, o amor conjugal é confundido com a paixão. Paixão é aquela sensação arrebatadora que nos faz girar por algum tempo ao redor de uma pessoa como se ela fosse o centro do universo e a única razão pela qual vale a pena viver. Esta paixão geralmente vem acompanhada de uma atração quase irresistível para o sexo, e não raras vezes se confunde com ela. Assim, palavras como amor, paixão e tesão acabam se fundindo e tornando-se quase sinônimas. Este conceito de amor justifica afirmações do tipo: “sem amor nenhum casamento sobrevive”, “sem paixão, nenhum relacionamento vale a pena”, “é o sexo apaixonado que dá o tempero para o casamento”. Minha impressão é que todas estas são premissas absolutamente irreais e falsas. Deus justificou a vida entre homem e mulher afirmando que não é bom estar só. Nesse sentido, casamento tem muito pouco a ver com paixão arrebatadora e sexo alucinante. Casamento tem a ver com parceria, amizade, companheirismo, e não com experiências de êxtase. Casamento tem a ver com um lugar para voltar ao final do dia, uma mesa posta para a comunhão, um ombro na tribulação, uma força no dia da adversidade, um encorajamento no caminho das dificuldades, um colo para descansar, um alguém com celebrar a vida, a alegria e as vitórias do dia-a-dia. Casamento tem a ver com a certeza da presença no dia do fracasso e a mão estendida na noite de fraqueza e necessidade. Casamento tem a ver com ânimo, esperança, estímulo, valorização, dedicação desinteressada, solidariedade, soma de forças para construir um futuro satisfatório. Casamento tem a ver com a certeza de que existe alguém com quem podemos contar apesar de tudo e todos. A certeza de que, na pior das hipóteses e quaisquer que sejam as peças que a vida possa nos pregar, sempre teremos alguém ao lado. Nesse sentido, não é certo dizer que sem amor nenhum casamento sobrevive, mas sim que sem casamento nenhum amor sobrevive. Não é certo dizer que sem paixão, nenhum relacionamento vale a pena, mas sim que sem relacionamento nenhuma paixão vale a pena. Não é o sexo apaixonado que dá o tempero para a vida a dois, mas a vida a dois que dá o tempero para o sexo apaixonado. Uma coisa é transar com um corpo, outra é transar com uma pessoa. Quão mais valiosa a pessoa, mais prazeroso e intenso o sexo. Quão menos valorizada a pessoa, mais banal a transa. Assim, creio que podemos resumir a vida a dois, entre homem e mulher, idealizada por Deus, em três palavras que descrevem um casal bem-sucedido: Um casal bem-sucedido é um par de amantes. Um casal bem-sucedido é um par de amigos. Um casal bem-sucedido é um par de aliados. São três letras A que fornecem a base de uma relação duradoura. Amante se escreve com A. Amigo se escreve com A. Aliado se escreve com A. E não creio ser mera coincidência o fato de que todas as três, amante, amigo e aliado, se escrevem com A... A de amor.
Ed René Kivitz

sexta-feira, junho 06, 2008

CLAY AND CLAY


MY BEAUTIFUL GIRL






PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES

GERALDO VANDRÉ
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Caminhando e cantando
E seguindo a canção...
Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)
Pelos campos há fome
Em grandes plantações
Pelas ruas marchando
Indecisos cordões
Ainda fazem da flor
Seu mais forte refrão
E acreditam nas flores
Vencendo o canhão...
Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)
Há soldados armados
Amados ou não
Quase todos perdidos
De armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam
Uma antiga lição:
De morrer pela pátria
E viver sem razão...
Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Somos todos soldados
Armados ou não
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não...
Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição...
Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(4x)

PRAIA GRANDE JAPONESA




Árvore de Amigos

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho.

Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro.

A todas elas chamamos de amigos.

Há muitos tipos de amigos.

Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.

O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe.

Mostram o que é ter vida.

Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.

Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.

Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho.

Muitos desses denominados amigos do peito, do coração.

São sinceros, são verdadeiros.

Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...

Às vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado.

Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora.

Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes.

Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que, quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.

Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.

Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.

Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam com o nosso caminho.

Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...

Hoje e Sempre... simplesmente porque:

Cada pessoa que passa em nossa vida é única.

Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.

Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada.

Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.

Você se acha feio???? 2






Homem é igual a cabelo....



"Homem tem que ser tratado igual cabelo!"

Num dia a mulher prende,

no outro solta,

num dia ela alisa,

no outro enrola,

dá uma cortada quando precisa,

numa semana ela amacia,

na outra ela joga de lado

e ele fica ótimo!

Fala a verdade...

cabelo dá trabalho...

Mas a mulher consegue viver careca ?...

Opinião feminina

motoboy

Um Motoboy é igual a um pinto:

tem cabeça, mas não pensa;

só quer saber de vai e vem;

tenta passar onde não cabe

e as vezes não pode;

de vez em quando

fica todo esfolado,

anda duro e sujo,

e, no fim,

sempre quer foder os outros!

quinta-feira, junho 05, 2008

Você se acha feio????







Frases de Charles Chaplin

"Não faça do amanhã o sinônimo de nunca,
Nem o ontem te seja o mesmo que nunca mais.
Seus passos ficaram.
Olhe pra trás ... Mas vá em frente
Pois há muitos que precisam
Que chegue para que possam te seguir’.

"A beleza existe em tudo - tanto no bem como no mal. Mas somente os artistas e poetas sabem encontrá-la."

"Creio que o pecado é realmente um
Mistério tão grande como a virtude."

"Faço parte do mundo
E, no entanto, ele me torna perplexo."

"Estou sempre alegre essa é a maneira de resolver os problemas da vida."

"A vida é maravilhosa se você não tem medo dela."

"Se o que você está fazendo for engraçado,
Não há necessidade de ser engraçado para fazê-lo."

"Criamos a época da velocidade,
Mas nos sentimos enclausurados dentro dela.
Nossos conhecimentos nos fizeram céticos;
Pensamos em demasia e sentimos bem pouco."

"Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra.
Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha, e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós.
Essa é a prova de que as pessoas não se encontram por acaso."
"o homem não morre quando deixa de viver,
Mas sim quando deixa de amar."

domingo, junho 01, 2008