RECOMENDE!

terça-feira, janeiro 12, 2010

SENTA O PAU!



Ontem e hoje a Rede Record apresentou imagens de cidadãos sendo assaltados em pleno coração paulistano. O viatudo do chá, o vale do Anhangabaú e a rua Xavier de Toledo, uma das mais movimentadas da América do Sul, tornaram-se cenários de extrema covardia. Grupos de 'noinhas' atacam pessoas de bem a todo momento. Roubam, espancam e barbarizam a todos que passam.

Isto é um absurdo!!! Sem contar a cracolândia, pois lá já é o cúmulo!!

Atualmente vemos vários movimentos que são criados no virtual e se mostram poderosos no real! São abraços de graça, campanhas, calúnias e até ficar pelado no metrô. Aqui em São Paulo e em outras muitas cidades que esta violência acontece tevem ter o dia do 'Senta o pau'. Sentar a madeirada nas costas destes zumbis que rondam na noite paulistana tirando dos transeuntes a paz, a alegria e tudo mais que eles puderem roubar.

Vamos combinar um dia... não! um dia não. Vamos combinar que todos os dias que tiver estas pragas nas ruas sairemos com pedaços de madeira para sentar o pau nesta raça. Com diz o Maluf: 'judia, mas não mata'. Não queremos chacina, pelo contrário, devemos oferecer uma recuperação para aqueles que aceitarem, entranto para os continuam a atacar pessoas, 'senta o pau' neles.

A cidade não pode aceitar este tipo de situação, pagar impostos e não poder passear tranquilamente no belo centro de São Paulo. A polícia, hahaha, observa de longe, pois está com as mãos atadas, ou melhor, sem pés e mãos porque são apenas dois policiais num posto móvel. Quando a viatura chega os moleques vão embora, entretanto voltam logo em seguida. Não entendo e acho que a população também não entende como estas coisas acontecem diariamente e ninguém toma providências. A cracolândia já é caso para o exército, dominaram geral as ruas, imagino como deve ser horrível morar naquele lugar.

Como diz o FHC: "Assim não dá, assim não pode!"

Se as autoridades nada fazer é papel dos cidadãos como uma forma de cidadania defender seu Habitat. Não podemos aceitar esta criação de ratos a céu aberto nas belas ruas da cidade. Ratos sempre haverá nas cidades, mas descarados e incomodando as pessoas desta forma já é demais. Se deixar, onde vamos parar?

Nenhum comentário: